Foi assinado no dia 31 de março de 2015 a escritura de doação de um terreno com 3480m² localizado na freguesia de São Pedro em Ponta Delgada. Esta doação foi feita por um associado da APCSM para construção do futuro centro de reabilitação da Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel.

31-03-2015

Projeto de Construção do centro de reabilitação de paralisia cerebral dos açores
O Governo Regional, na Resolução do Conselho do Governo n.º 25/2016 de 15 de Fevereiro de 2016, autoriza a cedência, a título gratuito e definitivo, de dois terrenos em São Gonçalo, freguesia de São Pedro à APCSM, para construção do Centro de Paralisia Cerebral de São Miguel. 
Os terrenos acima referidos situam-se, um a poente e outro a nascente do prédio com 3480 m2 doado, em 2015, à APCSM por um dos seus associados. 
16-02-2016
Cerimónia de apresentação do projeto da empreitada do Centro de Paralisia Cerebral de São Miguel a 23 de novembro de 2019
Anúncio n.º 83/2020 de 4 de março de 2020
Associação de Paralisia Cerebral de São Miguel - Concurso público - Empreitada de construção do Centro de Paralisia Cerebral dos Açores, Centro de Atividades Ocupacionais e Lar Residencial.

No dia 4 de setembro decorreu o lançamento da primeira pedra da empreitada de construção do Centro de Paralisia Cerebral dos Açores.
Aqui ficam algumas fotos da evolução da construção do Centro de Paralisia Cerebral dos Açores, que continua em bom ritmo!
01/02/2021
A obra está concluída!! 
Aguardamos licenciamento, que esperamos seja rápido para a nossa futura mudança! 

Inauguração do Centro de Paralisia Cerebral de São Miguel a 2 de Junho de 2023

"Este Centro é mais do que um edifício, é a materialização do compromisso que assumimos com as pessoas com paralisia cerebral e suas famílias. É a prova tangível de que, quando nos unimos em prol de uma causa nobre, somos capazes de superar qualquer obstáculo e transformar sonhos em realidade.
É um símbolo de esperança, inclusão e oportunidades. Ele representa uma nova era para todos nós, representa a crença de que cada indivíduo, independentemente das suas capacidades físicas, merece oportunidades iguais aos seus pares. Aqui, trabalharemos para que as pessoas com paralisia cerebral possam descobrir as suas habilidades, realizar seu verdadeiro potencial, perseguir os seus sonhos e contribuir significativamente para a sociedade.
Hoje, renovamos o nosso compromisso de continuar a lutar pelos direitos e bem-estar das pessoas com paralisia cerebral e suas famílias.
Aos utentes da nossa associação e às suas famílias, quero garantir-lhes que este centro é a vossa casa. É um lugar onde encontrarão não apenas serviços especializados e apoio, mas também uma comunidade que compreende e abraça a vossa jornada. Juntos, iremos continuar a derrubar barreiras, desafiar estereótipos e promover uma sociedade que valoriza o valor intrínseco e o potencial de cada indivíduo.", palavras da Presidente da Direção da APCSM com o sentimento de gratidão especial à Terapeuta Isabel Pacheco, ao Dr. António Raposo e ao Engenheiro António Costa Santos